| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

GIZNAREDE - O jornal das TICs no Gisno
Desde: 25/08/2010      Publicadas: 5      Atualização: 14/11/2011

Capa |  Apresentação  |  Projetos Escolares


 Projetos Escolares

  11/02/2011
  0 comentário(s)


Sobre o 1º Fest Gisno de Arte e Cultura

Evento realizado em 2010 no Centro Educacional Gisno, na 907 Norte, para mostrar a comunidade, alunos e professores a importância da valorização da escola pública no Distrito Federal. Também aprenderam a plantar árvores, uma horta, reaproveitar restos de madeira, confeccionar bancos com garrafa pet e a pintar a escola com tinta feita a base de terra vermelha e cola. Os alunos tiveram o apoio de voluntários, artistas e especialistas em educação ambiental para construir a Praça do Estudante do colégio.

Sobre o 1º Fest Gisno de Arte e Cultura O 1º Fest Gisno de Arte e Cultura, evento realizado no Centro Educacional Gisno, na 907 Norte, em 2010 para mostrar a comunidade, alunos e professores a importância da valorização da escola pública no Distrito Federal. O grupo trabalhou por mais de um mês para resgatar as histórias da instituição, apresentadas em forma de teatro e vídeos produzidos pelos alunos no 1º Fest Gisno, o primeiro festival de arte e cultura da unidade de ensino.

Após semanas de ensaios e filmagens, o que fez do encerramento no auditório do colégio uma festa. O auditório do CED Gisno ficou abarrotado de jovens ansiosos para conferir as 13 peças e os 14 vídeos produzidos pelos alunos. Glória Teixeira, professora de artes, é a responsável pelo festival. "A proposta do evento é divulgar os excelentes trabalhos dos estudantes e explorar histórias do dia a dia da escola", afirma. Ela explica que os vídeos, por exemplo, buscaram mostrar temas como a preservação, noções de ecologia presentes no ambiente escolar, da importância em valorizar os servidores e as diferentes culturas presentes aqui. "Tudo complementado com muito humor e criatividade. O resultado principal é ver os alunos aprendendo a respeitar mais a escola onde estudam", diz a professora.

Um dos destaques foi o vídeo Qual seu estilo musical?, realizado por um grupo do 2º ano. Lucas Veloso Cipriano, 16 anos, e Débora Verônica, 16, são alguns dos responsáveis pela produção. "Fizemos uma pesquisa na escola para saber qual o gosto musical de cada um. O resultado surpreendeu a todos. Compreendemos na prática como o brasiliense é eclético e sabe, cada vez mais, escolher e justificar sua cultura", explica Débora. Apaixonado por cinema e jornalismo, Lucas foi o responsável pelas filmagens e edição. "Foi incrível fazer o trabalho. Tanto pela interação com os alunos quanto pelo resultado. Estou orgulhoso."

Mas o evento não se restringiu ao auditório do colégio. A celebração no centro de ensino médio se encerrou na tarde de sexta-feira em um mutirão para revitalizar a escola. "Este é um dos eventos mais legais e importantes do qual já participei", confessou a jovem Bruna Pereira, aluna do 1º ano. Mais do que um espaço de confraternização dos estudantes, o grupo formado por 80 pessoas passou a tarde reconstruindo a identidade da escola.

Armados de muita disposição, uma porção de ferramentas, pincéis e latas de tinta, os alunos da instituição contaram com o apoio de voluntários, artistas e especialistas em educação ambiental para construir a Praça do Estudante do colégio. A reforma de uma das áreas abandonadas foi proposta por alunos do Instituto Federal de Brasília (IFB), que também têm as aulas ministradas nas dependências do Gisno e colocaram a mão na massa para transformar a escola. "Estamos neste espaço temporariamente, até que a sede do IFB seja construída, com previsão para o ano que vem. Mas antes disso, queríamos deixar nossa marca na escola e mostrar aos alunos que é possível fazer algo bom por nós mesmos", explica Agatha Marinho, 17 anos, aluna do curso técnico de eventos do IFB. "Acho muito importante que aprendamos a melhorar nossa escola e que todos participem, afinal é para nosso próprio bem", disse Camila Prates de Amorim, 16, matriculada no 1º ano. "Vim ajudar porque acho que nosso ambiente pode ser mais agradável e bonito."

Durante a tarde, estudantes do Gisno e do IBF aprenderam com voluntários a plantar árvores e uma horta, reaproveitar restos de madeira na construção de um piso de mosaico, confeccionar bancos com garrafa pet e a pintar a escola com tinta feita a base de terra vermelha e cola. Salomão Machado era um deles. Especialista em bioconstrução e agroflorestas, ele ajudou os alunos a plantar mais de 10 mudas de árvores. "Temos ipês, aroeiras e frutíferas. Os jovens vão ajudar a furar a terra, adubar e aplicar as mudas. Tem trabalho para todo mundo", brincou Salomão.

Para Aléssio Trindade, reitor do Instituto Federal, ver o grupo trabalhando foi emocionante. "Este é um dos eventos mais importantes dos quais participei. Ver nosso papel como multiplicadores da educação ser cumprido, ao promovermos a integração da comunidade na escola, nos mostra que estamos construindo um caminho positivo", afirma.

O 1º Fest Gisno de Arte e Cultura foi tema do Programa Alternativo de sábado (08/01/11):
http://www.youtube.com/watch?v=Yj9MQJ2x9TY

O programa, apresentado pelo SBT e transmitido aos sábados, às 13h15, mostra entrevistas e matérias referentes à realidade da educação no Distrito Federal. Um dos objetivos é oferecer a oportunidade para que escolas e professores participem da discussão e enviem sugestões para os próximos programas. As pautas podem ser mandadas para o e-mail faleconoscoimprensa@sinprodf.org.br.


  Mais notícias da seção Escola no caderno Projetos Escolares
14/11/2011 - Escola - Sobre o GISARTE: um olhar de 2011
Convite e programa do GISARTE 2011...



Capa |  Apresentação  |  Projetos Escolares
Busca em

  
5 Notícias